Como Proceder em Caso de Acidente de Viação?

Em caso de acidente deverá:

  • Manter a calma e ser cortês;
  • Vestir de imediato o colete reflector;
  • Colocar o triângulo à distância regulamentar de forma a assinalar devidamente o acidente;
  • Identificar:
    • Os condutores, proprietários e veículos;
    • Nome das seguradoras e apólice de cada veículo;
    • Testemunhas oculares;
  • Solicitar a presença das autoridades policiais, principalmente se houver feridos, ainda que ligeiros.
  • Não transigir com o terceiro nem reconhecer a responsabilidade em relação aos intervenientes ou às autoridades (Polícia de Trânsito) sem prévio conhecimento e/ou intervenção da Seguradora.
  • Tirar fotografias no momento do acidente que ilustrem a posição final dos veículos envolvidos e os danos causados.

Existem Pessoas Feridas?

  • Deve ser solicitada a intervenção da Autoridade;
  • Nunca deve ser abandonado o local do acidente, a menos que seja para se deslocar ao hospital.

Nota: o abandono do sinistrado pode, em alguns casos, constituir crime.

Em caso de Furto ou Roubo, participar imediatamente o evento às autoridades policiais da área e solicitar a estas a abertura do respectivo processo.

Preencher em todos os seus quesitos aplicáveis, quando houver mais do que um veículo envolvido e assegurar a assinatura por parte de todos os condutores intervenientes.

Não esquecer:

  • De participar o sinistro à Indico num prazo máximo de 8 (oito) dias;
  • Que a Índico ao receber uma reclamação de terceiro e se não estiver na posse da respectiva Participação de sinistro, notificará imediatamente o seu segurado para que o faça num prazo máximo de 8 dias úteis.

Sob pena de responder por perdas e danos, o segurado deverá:

  • Fornecer todas as indicações, provas documentais e testemunhais relevantes para uma correcta determinação da responsabilidade;
  • Tomar todas as medidas ao seu alcance para evitar ou limitar as consequências do acidente;
  • Dar imediato conhecimento à Índico de qualquer procedimento judicial intentado contra o condutor do veículo seguro na Companhia em consequência de acidente de viação;